Free CursorsMyspace LayoutsMyspace Comments
BLOG GRILO FALANTE: 2009

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

JOGO DA MEMÓRIA

JOGO DA MEMÓRIA COM GARRAFA PLÁSTICA

Recorte a garrafa um pouco além do gargalo, aqueça na frigideira, para tirar as rebarbas afiadas, para evitar cortar as crianças
Veja a diferença, entre uma garrafa aquecida, com o plástico abaulado e outra mais afiada
Pinte com uma cor escura, de forma que fique impossível ver os objetos dentro
Cole o brinquedo em uma e a escrita do nome deste brinquedo na outra
Use aquelas lembrancinhas de aniversário (carrinhos, anéis e pulserinhas...)
Use letra maiúscula e minúscula, na ficha, para que as crianças tenham contato com os diferentes tipos de escrita, eu usei só letra bastão, mas é possível usar a cursiva, depende do nível em que a turma se encontra.
As letras K, W, Y são vogais ou consoantes?

Conforme o novo acordo ortográfico da Língua Portuguesa, as letras K, W e Y foram incluídas no alfabeto e obedecem às regras gerais que caracterizam consoantes e vogais.


Do ponto de vista fonético-fonológico, consoante é um fonema pronunciado com a interrupção do ar feita por dentes, língua ou lábios. Já a vogal é um fonema pronunciado com a passagem livre do ar pela boca. Outra distinção entre um grupo e outro de letras recai sobre a pronúncia: a consoante precisa de uma vogal para formar sílabas e ser pronunciada, e a vogal, não. Ela se basta.


Seguindo essas regras, o Y é uma vogal, já que foi traduzido do alfabeto grego como I e mantém esse som nas palavras em que é usado, como em ioga. Quando aportuguesada, a palavra originalmente grafada com Y passa a ser grafada com I - como em iene, moeda japonesa.


O K corresponde, em português, ao som do C ou QU - como vemos em Kuait -, sendo considerado consoante.


Já o W deve ser empregado de acordo com sua pronúncia na língua original, isto é, ora com som de V, quando proveniente do alemão (como Wagner), ora com som de U, quando de origem inglesa (caso de web). Com isso, a letra W é considerada consoante ou vogal, conforme o uso.






Fonte: http://revistaescola.abril.com.br

domingo, 11 de outubro de 2009

Porque é tão importante para o futuro fazer trabalho escolar!!!!!!!!!!!!!!!!



Para alcançar o sucesso, tanto na vida profissional como na pessoal, é preciso se preparar. Nós é que vamos construir o nosso próprio futuro através de nosso esforço e trabalho. Nessa trajetória, alguns aspectos são extremamente importantes, e não podem ser deixados de lado.



A escola tem muito a contribuir para o futuro de um jovem. Até mesmos os trabalhos escolares, que muita das vezes são encarados como uma coisa sem valor nenhum, têm a sua importância. Eles aprimoram o trabalho em grupo, e potencializa as habilidades de cada um.



Além disso, o aluno aprende a buscar conhecimentos e informações que podem ser uteis para ele. Os trabalhos escolares oferecem uma forma mais ampla de aprendizado, e que pode contribuir para o futuro de um jovem

Entretenimento, Escola 13/04/09 Vinicius


terça-feira, 22 de setembro de 2009

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Os pensadores!!!!!

Grandes pensamentos:

É preciso substituir um pensamento que isola e separa


por um pensamento de distingue e une."

(Morin)



"Competência em educação é mobilizar um conjunto de saberes

para solucionar com eficácia uma série de situações."

(Perrenoud)



"Um plano curricular precisa satisfazer, de forma articulada,

todos os níveis de fucionamento de uma escola."

(Coll)



"Só o profissional pode ser responsável por sua formação."

(Nóvoa)



"O melhor jeito de organizar o currículo escolar

é por projetos didáticos."

(Hernández)



"A educação tem de servir a um projeto da sociedade como um todo."

(Toro)

Olá

Olá esse blog será destinado a passar informações sobre educação